Subscribe Us

header ads

FBI confirma 'estar ciente' que um óvni cilíndrico sobrevoou os EUA

 Segundo pilotos da American Airlines, o objeto parecia "um míssil de cruzeiro". Áudio foi confirmado por empresa aérea

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM/AMERICAN AIRLINES

Logo após a American Airlines confirmar que pilotos realmente viram um óvni cilíndrico durante um voo comercial da empresa no dia 21, o FBI afirmou "estar ciente" do avistamento.

Segundo o relatório da empresa, um "objeto longo e cilíndrico que quase parecia um míssil de cruzeiro" passou pelo Airbus A320 durante o voo comercial 2292, acima do Novo México (EUA).

O avistamento foi revelado inicialmente por Steve Douglass, do blog Deep Black Horizon, que captou a transmissão dos pilotos.

"Vocês têm alguns alvos aqui? Algo acabou de passar por cima de nós", relata o piloto em um trecho do áudio. "Odeio dizer isso, mas parecia um objeto cilíndrico comprido, semelhante a um míssil de cruzeiro, se movendo muito rápido", completa.

A autenticidade do áudio foi confirmada pela American Airlines logo depois. Agora, o FBI confirmou ao site TMZ que "está ciente do caso".

"Embora nossa política seja não confirmar nem negar investigações, o FBI trabalha continuamente com nossos parceiros federais, estaduais, locais e tribais para compartilhar inteligência e proteger o público", afirmou o porta-voz Frank Fisher.

A FAA (A Administração Federal de Aviação) emitiu um comunicado similar, ressaltando que "os controladores de tráfego aéreo da FAA não viram nenhum objeto na área em seus radares", o que aumenta a aura de mistério ao redor do caso.

Militares?

A possibilidade do óvni ser um míssil ainda desconhecido não deve ser descartada inteiramente. Como o site The War Zone lembra, o Novo México é sede de diversas bases da Força Aérea do país, e palco de testes de tecnologia militar de ponta — uma delas se destaca: White Sands Missile Range, especializada em testes de mísseis.

Não é impossível que um míssil ainda em fase de testes tenha sido disparado e coincidentemente captado pelos instrumentos do avião.

Mas a base fica a cerca de 650 km de onde o óvni foi avistado e um porta-voz da base afirmou à Fox News que nenhum teste do tipo foi feito domingo.

O momento é propício para avistamentos do tipo, uma vez que o governo do país estabeleceu a chamada UAPTF (ou Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados, em tradução livre) ano passado.

Segundo o Departamento de Defesa, a unidade de investigação serve para "melhorar sua compreensão e obter insights sobre a natureza e as origens das UAPs" — UAP é a nova sigla para fenômenos do tipo após "UFO" se tornar sinônimo de discos voadores, e significa "Fenômenos Aéreos Não Identificados", em tradução livre.










R7

Postar um comentário

0 Comentários